Blog Itubombas
Bem-vindo ao nosso blog

Acompanhe tudo sobre
bombeamento

Neste canal publicamos artigos sobre conceitos, tipos de equipamentos, aplicações, etc., para ajudá-lo em sua busca por informações sobre bombas.

ib_banner_blog_10_05_22.png

Como é feito o controle de nível de barragens?

  • 10/05/2022

Como é feito o controle de nível de barragens?

O controle no nível das barragens é feito por meio da drenagem constante das águas e envio delas para canais fluviais. Desta forma, a carga de efluentes é reduzida, tornando possível a manutenção da estabilidade.

Em outras palavras, realiza-se a transposição do excesso de águas para novos reservatórios. A operação é viabilizada por meio de sistemas de bombeamento.

A solução também é eficiente no processo de equilíbrio hídrico entre as diferentes regiões do Brasil. Afinal, é comum algumas cidades sofrerem com as chuvas em demasia, enquanto outras localidades são afetadas simultaneamente por longos períodos de estiagem.

As operações deste tipo demandam soluções especializadas de bombeamento, com o dimensionamento adequado de equipamentos, tubulações ou mangueiras, conforme o tipo de instalação. Precisam prover as vazões e pressões necessárias para realizar a operação de maneira eficiente, especialmente em situações emergenciais.

Muitas empresas contam com planos de contingência para evitar ter que resolver, às pressas, casos críticos e urgentes, que possam oferecer riscos às pessoas, ao meio ambiente ou ao negócio.

Além de dispor de equipamentos de alta tecnologia, o fornecedor deve oferecer todo o suporte técnico e mão de obra qualificada para a instalação e manutenção das motobombas, evitando o agravamento da situação.

A importância do controle no nível das barragens

Em janeiro de 2022, dezoito das trinta e uma barragens em situação de emergência em Minas Gerais receberam a solicitação de intervenção preventiva, por parte do Ministério Público e pelo governo desse estado.

Segundo o órgão, as fortes chuvas que caíram sobre a região afetaram as estruturas e comprometeram o funcionamento seguro das barragens.

Casos como esses estão se tornando recorrentes nos últimos anos. Em geral, os motivos para tais ocorrências envolvem os elevados níveis pluviométricos e o controle deficitário em algumas operações, que utilizam barragens em seus processos.

Realizar o controle das barragens é fundamental para garantir a estabilização das estruturas principalmente durante os períodos de chuvas intensas. Além da interrupção das atividades econômicas, o enchimento de tanques de armazenamento e das barragens de contenção de rejeitos oferece riscos às comunidades e ao meio ambiente.

Diante da crescente intensidade dos eventos climáticos, ações preventivas ganham cada vez mais importância.